Teses e Dissertações

TESES

BRIANEZI, Thaís. O deslocamento do discurso sobre a Zona Franca de Manaus: do progresso à modernização ecológica. Tese (Doutorado em Ciências Ambientais). São Paulo, Universidade de São Paulo, 2013. Acesse.

CAMPOS, Pedro Celso. Jornalismo ambiental e consumo sustentável: proposta de comunicação integrada para a educação permanente. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação). São Paulo, Universidade de São Paulo, 2006. Acesse

LOOSE, Eloisa Beling. Riscos climáticos no circuito da notícia local: percepção, comunicação e governança. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento, Curitiba, 2016.  Acesse.

MORAES, Cláudia Herte de. Entre o clima e a economia: enquadramentos discursivos sobre a Rio+20 nas revistas Veja, Isto É, Época e Carta Capital. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação, Porto Alegre, 2015. Acesse.

MOURA, Dione O. Do campo científico ao jornalismo científico: o discurso sobre o valor da floresta amazônica. Tese (Doutorado em Ciências da Informação). Brasília, Universidade de Brasília, 2001.

SCHWAAB, Reges. Uma ecologia do jornalismo: o valor do verde no saber dizer das revistas da Abril. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação, Porto Alegre, 2011. Acesse.

SILVA, Antonia Costa da. Jornalismo ambiental na rede de notícias da amazônia: estudo da cobertura jornalística sobre a Hidrelétrica de Belo Monte (2008-2013). Tese ((Doutorado em Ciências da Comunicação). São Leopoldo, Unisinos, 2015. Acesse

SILVA, Maria Cristina Viñas Gomes da. Estudo um estudo comparado do enquadramento e do discurso jornalístico sobre a Amazônia nas revistas, Time e The Economist. Tese (Doutorado em Comunicação Social). Porto Alegre, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2005. Acesse.

VIANNA, Maria Daniela de. A cobertura jornalística sobre poluição do solo por resíduos: uma análise da produção dos jornais O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo da Rio-92 a 2007. Tese (Doutorado em Ciência Ambiental). São Paulo, Universidade de São Paulo, Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental (PROCAM), 2012. Acesse.

DISSERTAÇÕES

BELMONTE, Roberto Villar. A construção do discurso da economia verde na revista Página 22. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2015. Acesse.

BENEDETI, Carina Andrade. A qualidade da informação jornalística: uma análise da cobertura da grande imprensa sobre os transgênicos em 2004. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social). Brasília, Universidade de Brasília, 2006. (Prêmio Adelmo Genro Filho de Pesquisa, Sociedade Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo – SBPJor). Acesse.

CAMANA, Ângela. Discursos sobre a revolução biotecnológica: sentido e memória em textos da Globo Rural.  Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2015. Acesse.

CARVALHO, Clarissa Presotti Guimarães. Amazônia em crise: o avanço do desmatamento nos grandes jornais do Brasil. 2009. 126 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009. Acesse.

DALLA VECCHIA, Veridiana. Meio ambiente e desenvolvimento no discurso do jornalismo de economia: a questão energética no jornal Valor Econômico. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014. Acesse.

DELEVATI, Amanda. Comunicação de risco e cobertura de desastres: o campo jornalístico e as fontes especializadas. Dissertação (Mestrado em Comunicação Midiática). Santa Maria, Universidade de Federal de Santa Maria, 2012. Acesse.

DINIZ, Nilo Sérgio de Melo. A saga de um líder seringueiro dentro e fora das páginas da imprensa: comentário sobre a cobertura dos Jornais para o caso Chico Mendes. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social). Brasília, Universidade de Brasília, 2000. Acesse.

FANTE, Eliege. As representações sociais sobre o Bioma Pampa no jornalismo de referência sul-riograndense. Dissertação (Mestrado em  Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2012. Acesse.

FARRANGUANE, Arsénio José. O meio ambiente na imprensa moçambicana: o caso do Jornal Notícias. Dissertação (Mestrado em  Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2015. Acesse.

GUIMARÃES JÚNIOR, Isac de Sousa. A construção discursiva da florestania: comunicação, identidade e política no Acre. (Mestrado em Comunicação). Niterói, Universidade Federal Fluminense, 2008. Acesse.

KOLLING, Patricia. A recepção das informações jornalísticas ambientais do programa Globo Rural: os sentidos produzidos por agricultores familiares do município de Santa Rosa (RS). Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006. Acesse.

LEAL, Gabriela de Souza. Crise de energia e mídia impressa: um exemplo da teoria do agendamento. (Mestrado em Comunicação Social). Brasília, Universidade de Brasília, 2003. Acesse.

LOOSE, Eloisa. Jornalista ambiental em revista: das estratégias aos sentidos. Dissertação (Mestrado em  Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2010. Acesse.

MASSIERER, Carine. O olhar jornalístico sobre o meio ambiente: um estudo das rotinas de produção nos jornais Zero Hora e Correio do Povo. Dissertação (Mestrado em  Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2007. Acesse.

MOTTER, Sarah Bueno. Discursos sobre pagamento por serviços ambientais nos jornais de referência do Brasil. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016. Acesse.

NEULS, Gisele. Agroflorestas possíveis: comunicação e apropriação de informações por assentados em MT. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2012. Acesse.

ROCHA, Mário Eugênio Villas-Bôas da. A comunicação da temática ambiental como expressão do pensamento complexo: um estudo exploratório no jornalismo gaúcho. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social). Porto Alegre, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2004. Acesse

SCHMIDT, Simone. Páginas verdes, a presença da emoção: uma análise da seção de entrevistas pingue-pongue da revista Ecologia & Desenvolvimento. Dissertação (Mestrado em  Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005. Acesse

SCHWAAB, Reges. O discurso jornalístico da sustentabilidade em programas de rádio sobre meio ambiente: uma análise do quadro Mundo Sustentável e do programa Guaíba Ecologia. Dissertação (Mestrado em  Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2007. Acesse.

SILVA, Eutalita Bezerra da. Meio ambiente no telejornalismo: efeitos de sentido sobre preservação no Nordeste Viver e Preservar. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016. Acesse.

SORDI, Jaqueline Orgler. Os sentidos do verde nas páginas de Zero Hora. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012. Acesse.

SOUZA, Jean Carlos Porto Vilas Boas. Comunicação, meio ambiente e práticas culturais: um estudo sobre o Alto Uruguai catarinense. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005. Acesse.

STEIGLEDER, Débora Gallas. O jornalismo e a cidade em construção: o discurso ambiental do jornal Zero Hora sobre as obras da Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015. Acesse. 

TEIXEIRA, Taís Garcia. A cobertura sobre o Código Florestal no Jornal Nacional. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014. Acesse.

VILLAS BOAS, Jean Porto. Comunicação, meio ambiente e práticas culturais: um estudo sobre o Alto Uruguai catarinense. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Informação). Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2005. Acesse.

VIUDES, Priscila. Índios nas páginas d´O Progresso. Dissertação (Mestrado em História). Dourados, Universidade Federal da Grande Dourados, 2009. Acesse.

TCCs, Monografias de Especialização

BARBOUR, Ana Maria Alves. Jornalismo Ambiental. 2003. Pibic-Cete. Link.

DAMASCENO JUNIOR, Luiz Carlos. Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas na Zero Hora: uma análise da abordagem de problemáticas ambientais de relevância global no jornalismo local. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Link

PIANCASTELLI, Rúbia Guimarães. A relação homem – meio ambiente no discurso do suplementojornalístico JB Ecológico . Programa de Especialização em Imagens e Culturas Midiáticas, Universidade Federal de Minas Gerais, 2009. Link

MUNIZ, Cristiano dos Santos. Jornalismo Ambiental: conceitos e especificidades. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Comunicação Social) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Link

NETHER, Jairo Ivã. Ecojornalismo impresso: análise do jornalismo ambiental em Porto Alegre. 1998. Monografia (Graduação em Comunicação Social – Jornalismo) – Centro de Educação, Ciências Humanas e Letras, Universidade Luterana do Brasil, Canoas – RS. Link.

Esta página está em permanente atualização. 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s