­

Esta publicação é uma oportunidade para disseminar e qualificar a cobertura jornalística sobre a crise climática. Resultado de uma parceria entre o Grupo de Pesquisa Estudos de Jornalismo (UFSM), o Grupo de Investigación Mediación Dialéctica de la Comunicación Social da Universidad Complutense de Madrid (MDCS, Espanha) e o Grupo de Pesquisa Jornalismo Ambiental (UFRGS), a produção é uma versão ampliada e em português do decálogo “Los Medios de Comunicación y el Cambio Climático publicado na Espanha pelo MDCS e Ecodes (Fundación Ecologia y Desarrollo). A versão brasileira, além das recomendações inspiradas no documento espanhol, traz verbetes técnicos ligados ao tema e aponta conexões necessárias com a nossa realidade.

Destinado a jornalistas, acadêmicos e estudantes, o guia busca aproximar o tema das pessoas e colaborar para uma cobertura mais sistemática. A apresentação da publicação é da jornalista Sônia Bridi, que cobre frequentemente as questões climáticas.

Alunos de mestrado e doutorado dos dois grupos de pesquisa brasileiros participaram da produção do conteúdo, e o  LEX, coordenado pela professora Laura Storch e por Lucas Missau, e a Editora Facos, ambos da UFSM, viabilizaram o projeto gráfico do minimanual.

O lançamento virtual ocorreu no dia 31.08.2020, às 18h, na página do Facebook do Observatório do Clima, com a participação da jornalista Sônia Bridi e de Andrea Santos, secretária-executiva do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas. O vídeo do lançamento pode ser acessado aqui.